Super-tufão atinge Taiwan e mais de 15 mil pessoas deixam suas casas

Frentes de lojas destruídas na passagem do tufão por Taitung (afp_tickers)

Com chuvas torrenciais e as rajadas de vento mais fortes registadas em um século, o super-tufão Nepartak, o primeiro da temporada, atingiu nesta sexta-feira Taiwan e obrigou mais de 15.000 pessoas a abandonar suas casas.

O fenómeno também provocou o cancelamento de centenas de voos e o fechamento das escolas.

Nepartak atingiu Taimali, localidade do condado oriental de Taitung, pouco antes das 6H00 (19H00 de Brasília, quinta-feira), com rajadas de vento de até 198 km/h, as mais fortes desde 1901.

Um soldado que caiu em um rio na ilha de Dongyin foi encontrado morto.

Na quinta-feira, um homem morreu afogado em uma praia no condado de Hualien, leste da ilha, segundo as autoridades, que divulgaram um balanço de 66 feridos, a maioria atingidos por objectos.

As emissoras de TV exibiram imagens de árvores arrancadas, placas de trânsito no chão e um trem de mercadorias descarrilado.

O tufão perdeu potência em sua passagem pela ilha e seguia em direcção ao leste da China.

Mais de 15.000 pessoas foram obrigadas a abandonar suas casas, ameaçadas por deslizamentos de terra ou inundações, e 3.700 seguiram para abrigos.

Quase 125.000 casas estavam sem energia eléctrica nesta sexta-feira.

O governo anunciou que as escolas, empresas e o mercado financeiro permaneceriam fechados.

Muitos voos domésticos foram cancelados e mais de 360 voos internacionais foram afectados.

Os trens devem permanecer parados a maior parte do dia. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA