São Tomé e Príncipe/Eleições: Maria das Neves rejeita resultados

(Maria das Neves)

A candidata derrotada nas eleições presidenciais em São Tomé e Príncipe, Maria das Neves, recusou os resultados e exigiu a sua anulação.

Falando em conferência de imprensa, em São Tomé, o director de campanha de Maria das Neves, Danilo Santos, disse que foram constatadas “graves irregularidades e violações”, designadamente “o impedimento dos eleitores poderem testemunhar a contagem dos votos”.

Acresce-se às irregularidades, segundo Danilo Santos, “a manipulação dos resultados, incluindo a possibilidade de introdução de novos boletins a favor do candidato do partido no poder”.

“Em círculos eleitorais onde uma grande maioria de eleitores não exerceu o seu direito de voto, foi anunciado um número exacerbado de votos, em detrimento da nossa candidatura”, disse o director de campanha.

“Como se pode explicar que um cidadão vai à assembleia para exercer o seu direito e não pode fazê-lo porque alguém já tinha votado no seu lugar?”, questionou Danilo Santos.

Por essas razões, disse, “a candidatura de Maria das Neves vem publicamente recusar os resultados destas eleições e exige a sua anulação, porque não foram livres, nem justas, nem transparentes”.

Maria das Neves, uma das cinco concorrentes às eleições presidenciais, ficou em terceiro lugar, com 16.638 votos.

Evaristo Carvalho, o vencedor, obteve 34,629 votos, seguindo-se o presidente cessante, Manuel Pinto da Costa, com 17.121 votos. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA