Polícia prende 40 em tumultos em Paris na final da Eurocopa

(REUTERS)

Torcedores provocaram confusão ao serem impedidos de entrar na área reservada à transmissão da partida em telões, perto da Torre Eiffel. Polícia usou gás lacrimogéneo e canhões de água contra os manifestantes.

A polícia informou nesta segunda-feira (11/07) que cerca de 40 pessoas foram presas no domingo em Paris, durante tumultos ocorridos durante a final da Eurocopa. Sobretudo nos arredores da Torre Eiffel, houve confusão, após torcedores não terem conseguido entrar na área reservada à transmissão da final do torneio em telões.

Irritados por não terem acesso à “fan zone”, alguns torcedores incendiaram latas de lixo, motocicletas e um carro, atacaram automóveis parados nos semáforos e atiraram garrafas contra policiais. Ao tentar fugir do tumulto, um motorista atropelou dois pedestres, um dos quais foi hospitalizado.

A polícia usou gás lacrimogêneo e canhões de água contra os manifestantes, em sua maioria, jovens.

A polícia informou também ter realizado várias detenções nos arredores do Stade de France, de acordo com a agência de notícias AFP.

Já duas horas antes do início do jogo, a “fan zone” havia sido fechada, devido aos mais de 90 mil torcedores que lotavam o local. Através do serviço de mensagens curtas Twitter e do metro de Paris, a polícia, então, alertou que ninguém mais teria acesso à área, por causa da superlotação. (DW)

MD/lusa/afp/sid

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA