Polícia da Indonésia mata o jihadista mais procurado do país

(EPA/OLAGONDRONK)

A polícia da Indonésia anunciou que matou Santoso, o jihadista mais procurado do país, durante um confronto na área montanhosa de Célebes.

“É realmente Santoso”, disse à AFP Rudy Sufahriadi, chefe de polícia do centro de Célebes.

Santoso morreu durante um combate com as forças de segurança na segunda-feira e a polícia científica confirmou a identidade nesta terça-feira.

Santoso, fervoroso partidário do grupo Estado Islâmico (EI), era procurado há vários anos pela polícia, que o acusava de vários ataques. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA