Patrice Trovoada renova a sua confiança na CEN

Patrice Trovoada, primeiro-ministro são-tomense na noite eleitoral de 17 de Julho. (RFI/Liliana Henriques)

Apesar da demissão da Comissão Eleitoral Nacional ser reclamada pelas candidaturas do presidente cessante Manuel Pinto da Costa, da antiga primeira-ministra Maria das Neves bem como por partidos da oposição parlamentar, depois da Comissão ter admitido na quinta-feira não ter tido todos os dados em mãos antes de divulgar os resultados provisórios das presidenciais do passado Domingo, o primeiro-ministro Patrice Trovoada renovou ontem a sua confiança neste órgão bem como no próprio processo eleitoral.

Esta tomada de posição aconteceu no momento em que o Supremo Tribunal e Tribunal Constitucional de São Tomé e Príncipe se prepara na próxima segunda-feira a divulgar os resultados definitivos das presidenciais realizadas de 17 de Julho. Depois de ter aventado no decorrer da semana a hipótese de uma segunda volta entre os dois candidatos mais votados, Pinto da Costa e o seu adversário da ADI, Evaristo Carvalho, que chegou a ser dado como vencedor, o Supremo Tribunal deverá confirmar o que se afigura agora como uma certeza, uma segunda passagem pelas urnas, marcada para 7 de Agosto, a campanha devendo arrancar dentro de uma semana, a 30 de Julho. (RFI)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA