Parlamento inglês vai debater petição por segundo referendo

Referendo de 23 de junho decidiu saída do Reino Unido da União Europeia ( REUTERS/ Neil Hall)

Petição que apela a um segundo referendo à posição do Reino Unido na União Europeia recolheu número recorde de assinaturas

A Câmara dos Comuns do parlamento inglês discutirá a 5 de setembro uma petição que exige um segundo referendo à ligação do Reino Unido à União Europeia.

Mais de 4 milhões de assinaturas (4 131 298) constam da petição que, ainda antes do referendo do dia 23 de junho, pedia ao Governo que anulasse os resultados se o “Brexit” ou a “Permanência” conquistassem menos de 60% dos votos numa taxa de participação inferior a 75%.

No final do mês de junho, 51,9% dos britânicos que participaram no referendo (cerca de 72% dos cidadãos com mais de 18 anos) escolheram sair da União Europeia. Quatro em cada dez pessoas preferem, contudo, que um segundo referendo tenha lugar antes da concretização do “Brexit”, de acordo com um estudo de opinião promovido pelo The Independent.

A petição a ser debatida pela Casa dos Comuns é a que mais assinaturas recolheu, desde que, em 2011, a possibilidade de assim agir junto das forças governamentais foi introduzida.

Mais de mil advogados já dirigiram também uma carta ao Primeiro-Ministro inglês, alegando que o referendo não é juridicamente vinculativo, mas meramente consultivo. (DN)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA