Moxico: Hipopótamo ataca pescador no rio Zambeze

Rio Zambeze (Foto: Boas Chissola)

Um hipopótamo atacou nesta sexta-feira um pescador identificado como Kapexi Mussuwa, que exercia a sua actividade no rio Zambeze, província do Moxico, provocando ferimentos graves à vitima, residente na povoação de Lunachi, cerca de 40 quilómetros da sede municipal (Cazombo).

Segundo Kapexi Mussuwa, de 57 anos e amputado do membro inferior direito, em consequência do acionamento de uma mina pessoal durante o conflito armado que assolou país, ficou surpreendido quando a canoa em que flutuava foi projectada e posteriormente afundou-se no rio.

“Quando tentei nadar para a margem do rio, o hipopótamo atirou-se contra mim e feriu a nádega direita”, explicou a vítima que sobreviveu graças a pronta intervenção de um outro pescador, que o transportou até ao hospital municipal.

Em declarações à Angop, o director do hospital municipal do Alto Zambeze, Castro Yavua Mucanda, fez saber que a ferida levou 22 pontos e a instituição sanitária está a prestar todos cuidados e assistência necessária para melhoria do paciente.

Na ocasião, populares dos bairros ribeirinhos de Njamba e Nyalyonyinga, arredores de Cazombo, confirmaram ter visto na semana passada, nas proximidades da ponte sobre o rio Zambeze, um casal de Hipopótamos, bem como a população que cultiva a beira do mesmo rio vê as suas lavouras serem devoradas nos últimos dias pelos mamíferos. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA