Motocross: “Zé Cazenga” vence sexta prova do campeonato de Luanda

Huambo: LARGADA DO GRANDE PRÉMIO "ZÉ DU" EM MOTOCROSS (arquivo) (Foto: EDILSON DOMINGOS)

O piloto Zeferino Fernandes, ao volante de uma Suzuki, venceu hoje, em Luanda, a 6ª prova do Campeonato Provincial de Motocross, disputado no Circuito Internacional “Jorge Varela”, arredores do GAMEK, na zona da Ecocampo.

Ao totalizar 40 pontos, na classe de 250 cc, o representante do Team Orbel conseguiu o feito mercê de dois primeiros lugares em igual número de mangas realizadas, batendo na concorrência Ricardo Jorge e Augusto Congo, que ficaram nas posições imediatas, com 34 e 30.

Com este domínio, na prova principal, Zé Cazenga ou Zé Ponta, como é tratado nas lides do desporto motorizado, demonstra estar em bom momento de forma desportiva e consolida a liderança da competição da capital do país.

Na cilindragem inferior (150), a vitoria recaiu para Humba Carlos, piloto do Team 2 Lemos, em Honda, com 40 pontos, seguido de Orlando Ribeiro e António Silva, com 34 e 26.

Quanto a moto – 4 (450cc), o triunfo foi para Edson Miranda, em Honda, com 40 pontos, seguido por Bruno Ferreira, com 34, e Edson Sebastião, com 28.

Aos três primeiros de cada categoria foram entregues troféus, em acto presenciado pelo novo presidente da Associação Provincial de Motocross de Luanda (APMCL), Carlos Sweto, que além de solicitar o apoio dos empresários, para o cumprimento do seu programa e a expansão da modalidade pelo país, apelou a um maior engajamento dos pilotos e equipas.

O antigo piloto e campeão nacional, afirmou à Angop, que só com o esforço de todos os agentes envolvidos e outras instituições se poderá trabalhar em prol do desenvolvimento deste sector apreciado, principalmente, pelas crianças e jovens, apesar da difícil situação financeira do país, que também afecta o desporto nacional.

Por sua vez, Zeferino Fernandes, visivelmente satisfeito, garantiu, que apesar do triunfo, necessita de continuar a trabalhar cada vez mais, no sentido de manter a hegemonia e transmitir a sua experiência aos novos praticantes. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA