Mohamed Bouhlel: foi ele o autor do ataque

O camião conduzido pelo atacante (AFP/Getty Images)

O autor do atentado em Nice chama-se Mohamed Lahouaiej Bouhlel. De origem francesa e tunisina, tinha cadastro na polícia. O homem foi abatido por dois agentes franceses.

Mohamed Lahouaiej Bouhlel é o autor do atentado em Nice que esta quinta-feira fez pelo menos 84 mortos, avança o jornal Nice-Matin. Tem dupla nacionalidade, francesa e tunisina, segundo informam os meios de comunicação franceses. O homem que conduzia o camião tem 31 anos e um filho de 3 anos.

Segundo a polícia, a sua profissão era de motorista de entregas e tem cadastro por pequenos delitos com armas, acusações de violência conjugal, ameaças e roubo. Segundo o Le Figaro, o homem tinha sido condenado por um caso de violência em março. No entanto, a polícia de Nice não suspeitava de qualquer ligação entre o francês e grupos radicais. Neste momento, as autoridades estão a interrogar várias pessoas próximas de Mohamed Lahouaiej Bouhlel.

O homem foi abatido pela polícia depois de ter começado a disparar uma pistola, segundo afirmam várias testemunhas. Dois polícias da brigada de intervenção foram responsáveis por neutralizar o condutor do camião, que tinha sido alugado uns dias antes na região Provence-Alpes-Côte d’ Azur. Dentro do camião, a polícia encontrou uma granada inoperacional e várias caçadeiras falsas, informa o L’Obs.

Uma testemunha relata ter visto o camião antes do atentado e descreve que o condutor se estava a comportar “de forma bizarra”: acelerava, travava, voltava a acelerar e a travar.

Para entrar na Promenade des Anglais, o condutor teve que derrubar uma barreira de segurança, informam os meios de comunicação social franceses.

Outra testemunha do ataque explicou à BFMTV que a princípio pensou que o condutor tinha perdido o controlo da viatura. Nader contou ainda que viu a cara do terrorista a disparar de dentro do camião. “Eu tive tempo de ver a cara barbuda do condutor, que parecia estar a divertir-se.”

A polícia de Nice começou a fazer buscas na casa do suspeito por volta das 10h15 de sexta-feira. (OBSERVADOR)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA