Marcelo acolhido com grande entusiasmo em Celorico de Basto

(PTJORNAL)

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, foi hoje acolhido com grande entusiasmo nas festas de Celorico de Basto, onde apenas não ficou para o bailarico noturno, porque “calha muito mal” e parece “demasiado populista”.

Durante cerca de seis horas, Marcelo, que já foi presidente da Assembleia Municipal de Celorico de Basto, distrito de Braga, esteve entre os da terra, com beijos, abraços, cumprimentos, e não rejeitou uma única iguaria que lhe foi oferecida durante o tempo em que decorreu o cortejo etnográfico.

Marcelo Rebelo de Sousa provou vários tipos de vinho, comeu broa, enchidos, azeitonas, bacalhau e até cebola.

A meio deste dia, quando questionado pelos jornalistas se ficaria também para o bailarico da terra, Marcelo respondeu que “não, isso não”.

“O Presidente não pode ficar para bailaricos, senão calha muito mal, acham que é demasiado populista”, afirmou.

Esta foi a primeira visita de Marcelo Rebelo de Sousa a Celorico como Presidente da República e coincidiu “exatamente com o dia” em que faz seis meses que foi eleito, referiu aos jornalistas.

O dia teve início com um almoço fechado à imprensa no hotel da vila, recentemente inaugurado, seguindo-se uma visita À Biblioteca Municipal, cujo auditório tem o seu nome, onde assinou o livro de honra.

A pé entre as pessoas, como já é comum nas visitas que tem feito a diversas zonas do país, Marcelo seguiu até à praça Albino Alves Pereira, onde passou revista aos bombeiros voluntários de Fafe e discursou aos celoricenses.

O Presidente, que foi muito aplaudido e recebeu “vivas”, terminou esta sua visita assistindo durante mais de uma hora ao cortejo etnográfico.

As festas de Celorico de Basto tiveram início na sexta-feira e terminam na segunda-feira. (Noticias ao Minuto)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA