Lunda Sul: Mulheres da Igreja Adventista chamadas a promover valores morais

Mulheres da Igreja Adventista do Sétimo Dia (ARQUIVO) (Foto: ANGOP)

O pastor da Igreja Adventista do Sétimo Dia na Lunda Sul, Eusébio Daniel Chionga, apelou no sábado as mulheres da referida instituição religiosa no sentido de promoverem acções que visam a divulgação e o resgate dos valores morais e cívicos à luz dos ensinamentos Bíblicos.

Eusébio Chionga fez este apelo quando falava no culto de encerramento da semana de conferências Bíblicas do Ministério da Mulher da Igreja Adventista do Sétimo Dia do distrito Norte de Saurimo, que teve a duração de oito dias.

Segundo o pastor, a mulher cristã tem um papel preponderante na sociedade, sendo ela filha de Deus, e deve contribuir para a manutenção da paz, unidade nacional e mudança de mentalidade dos jovens.

“A Igreja constitui um pilar fundamental na conquista dos valores morais, éticos e cívicos a julgar pelo trabalho que têm realizado junto das famílias, das comunidades e da sociedade em geral, por isso, a mulher cristã enquanto gestora e protectora da vida humana, deve continuar a promover acções que visam a mudança de mentalidade das pessoas”, sublinhou.

No final da conferencia, foram baptizados 375 novos membros, dos quais 70 do município de Dala, 45 de Muconda e 260 de Saurimo.

Na cerimónia de recepção dos novos conversos, o pastor apelou os mesmos a primar pela santificação, comunhão com Deus, entrega incondicional e mudança de vida, bem como por uma conduta de responsabilidade, devoção e de espírito religioso.

O distrito norte de Saurimo, da igreja Adventista do sétimo dia, conta actualmente com seis templos distribuídos nos bairros Verde, Txizainga I e II, Kawazanga I e II e Manauto e 28 salões. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA