Luanda: Vice-governadora apela para o reforço da educação das crianças

vice-governadora de luanda, Jovelina imperial (ANGOP)

A vice-governadora da província de Luanda para o Sector Político e Social, Jovelina Imperial, apelou neste domingo os pais e encarregados de educação para a necessidade de se reforçar a educação dos petizes por forma a se efectivar a cultura da paz.

Jovelina Imperial lançou este apelo ao intervir na sessão de encerramento da 10ª edição do Jardim do Livro Infantil, decorrida no Palácio de Ferro.

Segundo exortou, as escolas, os pais e encarregados de educação têm de começar a trabalhar no sentido de se efectivar a cultura da paz nos lares, por ser o local onde se criam as bases para formar um bom cidadão.

A governante entende que se os pais educarem as crianças a
respeitarem os adultos, a obedecerem e a estudarem melhor, a próxima edição do Jardim do Livro vai se tornar um espaço onde a cultura da paz se vai reflectir com maior eficiência e acutilância.

Jovelina Imperial observou que tudo começa em casa, sendo assim, toda a educação transmitida passa pelas crianças.

Apesar das dificuldades financeiras, apontou que o certame decorreu segundo o esperado.

Na ocasião, a directora da Fundação Sindica Dokolo, Marita Silva, reiterou que o Jardim do Livro Infantil é um dos pressupostos da fundação na expansão do conhecimento e estimular a leitura para as
crianças.

Referiu que a partilha do conhecimento é fundamental para o desenvolvimento de qualquer nação.

O Jardim do Livro Infantil é um certame de periodicidade anual que comporta um conjunto de actividades de carácter cultural e educativo dirigido às crianças, pais e educadores, tendo como
elementos centrais o livro e a leitura.

O Jardim do Livro Infantil acontece em simultâneo em todas as capitais provinciais do país. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA