Luanda: Registados 912 casos de violência doméstica no município de Viana

(Foto: Marcos Santos/USP Imagens/Arquivo)

Novecentos e doze casos de violência doméstica foram registados no primeiro semestre deste ano no município de Viana, em Luanda, mais 17 do que em igual período anterior, disse hoje, sexta-feira, a directora local da Família e Promoção da Mulher, Laureta Smith Dala.

Em declarações à Angop, a responsável explicou que destes casos foram atendidos 558, sendo 64 queixas masculinas e 494 femininas, contra os 76 do segundo semestre de 2015, diminuição que segundo ela deve-se aos serviços de sensibilização, palestras nos mercados, igrejas e nos encontros com as comunidades.

Explicou que constam dos casos relevantes o incumprimento de mesada, com 45 casos, ofensas corporais 88, abandono do lar 59, desalojamento 49, privação de bens 30, ofensas morais 68, adultério 12, chantagem 15 ameaça de morte 16.

Laureta Smith sublinhou que têm realizado também programas radiofónicos em língua nacional umbundo, porque muita gente em Viana entende esta língua, para se aconselhar a população a evitar todo tipo de violência doméstica e optar pelo diálogo na convivência familiar.

Aconselhou as famílias a pautarem pelo diálogo para que se possa entender os problemas e necessidades dos seus integrantes e assim poderem solucioná-los em harmonia. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA