Luanda: Epal espera ganhar experiência para melhorar qualidade de água

PCA da EPAL, Leonildo Ceitas (Foto: Lino Guimaraes)

A Empresa de Distribuição de Água de Luanda (EPAL) pretende adquirir experiência para melhorar a qualidade de água distribuída a população com a realização do 74º Conselho Técnico e Cientifico da Associação Africana de Águas AFWA, aberto hoje, segunda-feira, nesta cidade.

Segundo o director geral da Epal, Lionidio Ceita, a realização deste encontro se reveste de grande importância para a troca de experiência e obter metodologias para colmatar as dificuldades que as populações enfrentam no acesso a água potável.

Para o responsável, a Epal vai envidar esforços para melhorar o abastecimento de água aos cidadãos, por ser um dos pressupostos do desenvolvimento do milénio para o bem das populações.

Por sua vez, o vice-governador de Luanda para a esfera económica, José Cerqueira, enfatizou que o acesso a água potável é um elemento importante na questão da saúde pública a par do saneamento básico, para garantir aos cidadãos qualidade de vida.

Acrescentou ser necessária a conjugação de esforços para melhorar o fornecimento de água e melhorar a rede de esgotos a nível dos países africanos, para que o acesso seja sustentável e o saneamento básico adequado.

A decorrer sob o lema “Alterações climáticas e acesso sustentável a água potável e serviços de saneamento em África”, o 74º Conselho Técnico e Cientifico da Associação Africana de Águas tem como objectivo a troca experiências entre as empresas do sector para melhorar a qualidade da água distribuída à população.

A AFWA é uma organização que conta com 110 membros activos de 45 países. O evento é organizado pela Empresa de Distribuição de Águas com apoio do Governo angolano e parceiros.

Presidiu a abertura do evento, o ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA