Kyaku Kyadaff no palco do Palácio de Ferro este sábado

Kyaku Kyadaff vai ao palco do palácio de ferro (Foto: Rosário dos Santos)

O músico Kyaku Kyadaff é a figura de cartaz do concerto intimista que acontece sábado (16), às 21 horas, no Palácio de Ferro, em Luanda.

O espectáculo enquadra-se na programação da III Trienal de Luanda, uma promoção da Fundação Sindika Dokolo.

O artista será acompanhado pelos músicos Nino Jazz (teclado), Dalú Rogée (percussão), Berlin Bass (guitarra baixo), Sankara (guitarra ritmo), Adónis Leon (saxofone), Raidel Gonzalez (trompete), Rock Kanamo (teclado), Sutana (coro) e Nzambi (coro).

Kyaku Kyadaff cantará, no concerto com entradas gratuitas, os sucessos que notabilizaram a sua carreira musical, como o tema “Bibi”, “Kilamba”, “Entre sete e sete rosas”, entre outras canções que compõem o seu primeiro trabalho discográfico intitulado “Se hungwile”.

Kyaku significa “teu” em língua nacional Kikongo, já Kyadaff é resultado da junção de Kyaku, com as iniciais dos nomes da mãe, Fineza, e do pai, Fernandes. Daqui surge o nome artístico do cantor que foi baptizado como sendo Eduardo Fernandes. Nascido no município de Mbanza Congo, província do Zaire, no dia 29 de Junho de 1982, Kyaku é formado em Psicologia pela Universidade Agostinho Neto (UAN).

Já pisaram o palco do Palácio de Ferro (sede da III Trienal de Luanda) vários artistas nacionais e estrangeiros, entre os quais a Banda Afra Sound Star, Banda Movimento, Banda Maravilha, Banda Estética Palanca, Eyo’Nlé Brass Band, Acácio Bambes, Carlitos Vieira Dias – acompanhado por Nanutu e Dalú Roger. Duo Canhoto, Derito, Gabriel Tchiema, Mito Gaspar, Walter Ananás, Voto Gonçalves, Calabeto, Totó ST, Dico Mendes, Haylton Dias, Wiza Kendy, Hélder Mendes, Jorge Rosa, Tunjila Tuajokota, Banda Afro Cuban Rythms, Filipe Mukenga, entre outros. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA