Kerry: acordo comercial EUA-UE vai atenuar impacto do Brexit

O secretário de Estado americano, John Kerry, afirmou nesta segunda-feira que um acordo de livre-comércio entre Estados Unidos e União Europeia (UE) atenuará o impacto da saída do Reino Unido do bloco.

O tratado, actualmente em negociação, terá “uma considerável capacidade de contra-atacar qualquer efeito negativo que possa resultar do que negociem o Reino Unido e a UE” para selar sua ruptura, declarou Kerry em uma entrevista colectiva em Bruxelas.

As negociações para a formação de uma Associação Transatlântica para o Comércio e o Investimento (TTIP, na sigla em inglês) geram fortes resistências, por seu impacto no mercado de trabalho e nas normas de protecção ecológica na Europa.

Mas Kerry considera que é necessário “informar adequadamente sobre a maneira como o TTIP funcionará realmente” e beneficiará os europeus.

“Se criou uma certa mitologia ao redor deste tratado”, disse o chefe da diplomacia americana.

De acordo com Kerry, o acordo “protegerá o emprego, protegerá direitos em termos de regulação, protegerá a capacidade (dos europeus) de respeitar as leis trabalhistas e do meio ambiente”.

O TTIP geraria a maior zona de livre comércio do planeta. Mas o referendo britânico que decidiu uma ruptura com a UE e a crescente oposição ao tratado na França e Alemanha provocaram dúvidas sobre a possibilidade de alcançar um acordo este ano, como desejam os negociadores.

Kerry anunciou uma viagem europeia “nos próximos meses para expor os fatos, com o objectivo de que se entenda exactamente o lado positivo” do TTIP. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA