Instituto John Maxwel capacita líderes

Luanda, nova marginal (Foto: D.R.)

O Instituto americano John Maxwel realizará de 27 a 29 deste mês, em Luanda, um seminário com o tema “Liderança em contexto de crise”, que contará com formadores vindos dos Estados Unidos da América (EUA).

A informação foi avançada hoje, segunda-feira, à Angop, pelo presidente da Comissão organizadora Esmael Sebastião, referindo ser uma formação pertinente dado o momento de crise que o país atravessa.

Segundo o responsável, o país necessita cada vez mais de líderes capazes de gerirem com eficácia e perspicácia, num contexto de crise ou recessão económica, num mundo com uma demanda cada vez maior de lideranças com planos estratégicos sustentáveis para a superação dos problemas que afligem as sociedades modernas.

De acordo Esmael Sebastião, todo titular de cargos que se prezem, devem ter consciência que o âmbito das suas decisões não se circunscreve aos efeitos produzidos na sua esfera de acção, sendo que cada acto seu, em grande escala impacta a sociedade em que se insere.

Frisou ser necessário dotar-se as instituições, quer privadas ou públicas, com formações frequentes neste âmbito, “porque estar a frente de um grupo requer outras ferramentas que não sejam somente técnicas, que possam perceber e influenciar o interior do seu liderado”.

Acrescentou que a actual conjuntura que o país vive “clama” por uma emergência de líderes capazes de dirigir os destinos da nação, sem comprometer a estabilidade e a dignidade das gerações vindouras.

“Precisamos de gerar novos líderes e beber da sabedoria dos mais experientes de modo a revitalizar o tecido político, económico e catapultar a nação para níveis de excelência”, concluiu. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA