Huíla: Autoridades registam mais de 86 mil casos de malária

Malaria (DR)

Oitenta e seis mil e 182 casos de malária, 547 dos quais resultaram em óbito, foram notificados pelas autoridades sanitárias locais, no I semestre do corrente ano, informou hoje, quinta-feira, no Lubango, a chefe de Departamento Provincial de Saúde Pública e Controlo de Endemias, Fátima Barros.

Falando à imprensa, nesta cidade, a responsável considerou os números preocupantes, apelando aos cidadãos a observarem as medidas preventivas da patologia, sobretudo no uso do mosquiteiro.

A responsável observou ter havido uma diminuição de seis mil e 444 casos positivos em relação a igual período anterior, daí o reforço das campanhas de sensibilização, mobilização e distribuição do produto.

Segundo ela, neste período, foram realizadas 41 mil e 502 consultas, seis mil e 315 pacientes tiveram de ser internados devido a gravidade da doença.

No I semestre de 2015 as autoridades sanitárias registaram um total de 79 mil e 738 casos. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA