Ler Agora:
Governo de unidade nacional acusa França de violar território líbio
Artigo completo 1 minutos de leitura

Governo de unidade nacional acusa França de violar território líbio

O governo de unidade nacional da Líbia acusou a França nesta quarta-feira de “violar” seu território, após Paris anunciar a morte de três militares franceses no território líbio.

A presença francesa é “uma violação do território líbio”, declarou o governo de unidade em uma mensagem no Facebook, destacando que nada “justifica uma intervenção” sem a prévia comunicação ao executivo líbio.

O governo de unidade nacional (GUN) manifesta seu descontentamento “com o anúncio do governo francês que revela a presença de militares no leste da Líbia”.

O mesmo comunicado agradece “qualquer ajuda ou assistência oferecida por países amigos na guerra contra o Daesh [acrónimo em árabe do grupo Estado Islâmico] em resposta a qualquer pedido do GUN e em coordenação com o GUN”.

O presidente francês, François Hollande, confirmou nesta quarta-feira a presença de militares franceses no território líbio, país mergulhado no caos desde a queda do regime de Muammar Kadhafi, em 2011, e onde é crescente a presença do grupo jihadista Estado Islâmico.

Paris anunciou que três de seus militares morreram em um “acidente de helicóptero” durante uma missão de inteligência. (AFP)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »