FESA rubrica protocolo de cooperação com fundações de Espanha

FESA assina protocolo de cooperação com congéneres da Espanha. (Foto: ANTÓNIO ESCRIVÃO)

Um protocolo de cooperação para a expansão da rede escolar e do reforço ao acesso à ferramentas modernas que incentivem as crianças e adultos a estudarem e a criarem habilidades de auto-estudo, e pesquisa nas diversas áreas do saber por formas a adquirir competências, foi assinado hoje, quarta-feira, em Luanda, pela Fundação Eduardo dos Santos (FESA) e as fundações Telefónica e LA Caixa de Espanha.

Assinaram o acordo pela Fundação Eduardo dos Santos o seu presidente, Ismael Diogo da Silva, o presidente da Fundação Telefónica de Espanha, Cesar Alierta Izuel, e o presidente da Fundação bancária La Caixa, Isidro Casas Faine.

O protocolo rubricado tem como objectivo a expansão da inclusão digital e social enquanto instrumento de melhorar o mecanismo mais eficiente de redução das desigualdades sociais, e para melhorar as perspectivas de desenvolvimento dos países emergentes.

O protocolo de cooperação será implementado num período de um ano, podendo se reincidir antes deste período desde que as partes estejam de acordo.

Por sua vez, o presidente da Fundação Eduardo dos Santos, Ismael Diogo da Silva, salientou que o projecto é uma iniciativa dos dois presidentes junto do Papa Francisco, em apoiar às crianças de África.

Considerou ser um orgulho para os angolanos, o país ser escolhido o primeiro país de África e o primeiro a albergar o projecto.

“Para a FESA é um grande reconhecimento e um grande momento de jubilo e de consideração e orgulho por se deslocarem pessoalmente de Espanha a Angola com este fim os presidentes das duas fundações, estamos orgulhoso de ser vosso parceiro faremos tudo que esta ao nosso alcance para facilitar e cada vez mais melhorar a inserção deste programa”, referiu..

Acrescentou que o projecto está a iniciar com inclusão digital e pretende-se que seja integrada também a inclusão social.

“Esta cooperação não ficará só na inclusão digital, gostaríamos também que fosse um projecto integral e que levamos também a inclusão social.

De acordo com o presidente da A Fundação Telefónica, Cesar Alierta Izuel a sua organização e a Fundação Bancária LÁ Caixa estão a promover conjuntamente o projecto denominado “Profuturo”, para oferecer educação digital para crianças e jovens em áreas mais desfavorecida com foco na aquisição de competências através da tecnologia com intuito de contribuir para geração de igualdade de oportunidades em áreas vulneráveis.

Segundo a fonte, este é um projecto que vai beneficiar crianças e jovens das zonas desfavorecidas contribuindo assim para a melhoria dos seus conhecimentos.

A FESA tem como principal finalidade contribuir para o crescimento sustentável da economia angolana por meio do desenvolvimento de determinados projectos em colaboração com vista a promover a criação de emprego. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA