Efectivos da Investigação Criminal alvejam homem considerado altamente perigoso

Logitpo da Polícia Nacional (Foto: Francisco Miudo)

Um homem considerado altamente perigoso, pela Polícia Nacional, foi alvejado mortalmente, na segunda-feira, na sequência de um confronto com efectivos do Serviço provincial de Investigação Criminal (SIPC), no distrito urbano da Maianga, em Luanda.

O porta-voz do comando provincial da Polícia Nacional, Mateus Rodrigues, disse hoje, quarta-feira, à Angop, que depois de ser localizado por uma equipa operacional da SIPC o homem que empunhava uma arma automática do tipo AKM-47 abriu fogo contra os agentes, iniciando o confronto.

Durante o confronto, o homem na faixa etária dos 20 anos, foi atingido gravemente, acabando por falecer em uma unidade hospitalar, onde havia sido levado para assistência.

Este marginal era integrante de um grupo de seis, que já se encontram detidos e era procurado por vários crimes que efectuava com recurso a arma de fogo”, explicou o oficial.

O homem era acusado de vários crimes, com destaque para os roubos qualificados de viaturas, valores monetários com recurso a arma de fogo. O homem fazia parte do grupo que roubou 19 milhões de kwanzas no bairro Cassenda e uma agência de telemóveis no bairro Prenda, distrito urbano da Maianga.

A identidade do suposto marginal não foi revelada pela PN. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA