EasyJet solicita certificado de operador aéreo em outro país da UE após Brexit

O premier britânico, David Cameron, discursa para funcionários da EasyJet, na sede da empresa, em Luton (afp_tickers)

A companhia aérea britânica Easyjet anunciou nesta sexta-feira que solicitou um certificado de operador aéreo em outro país não especificado da União Europeia, diante da possibilidade de que o Reino Unido abandone a UE.

Este certificado, fornecido pelo organismo regulador do sector aéreo em cada país, “permitirá que a Easyjet voe por toda a Europa, como faz hoje”, anunciou a empresa em um comunicado. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA