Derramamento de esgoto obriga interdição de praias em Los Angeles

Playa del Rey, em Los Angeles, Califórnia, no dia 29 de outubro de 2015 (afp_tickers)

Várias praias na região de Los Angeles, no estado americano da Califórnia, foram fechadas para o público na terça-feira após o vazamento de cerca de 9,5 milhões de litros de esgoto, disseram autoridades sanitárias.

O derramamento – descrito à AFP como o maior dos últimos anos por uma autoridade do departamento de Saúde local – começou na segunda-feira, quando a parte superior de uma tubulação de esgoto colapsou, enviando detritos para dentro do tubo e causando o transbordamento.

Equipes técnicas conseguiram conter o vazamento à noite, mas o cano se rompeu novamente na terça-feira, mandando esgoto para o rio Los Angeles, que levou os detritos para o oceano Pacífico.

As autoridades ordenaram a interdição de todas as praias da famosa área de Long Beach e de uma parte de Seal Beach para que as águas fossem analisadas.

Nelson Kerr, do Departamento de Saúde de Long Beach, disse à AFP que a autorização para banho de mar nessas áreas deve ficar suspensa até pelo menos quinta-feira.

A cidade de Long Beach tem o segundo porto mais activo dos Estados Unidos, atrás de Los Angeles.

“Este é o maior derramamento que tivemos na história recente”, afirmou Kerr, acrescentando que a tubulação quebrada deve ter sido danificada durante construções na área.

Kerr disse que as autoridades temem que até 20 milhões de litros de esgoto podem ser derramados até que a tubulação seja consertada. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA