Cuanza Norte: Moto-taxistas do Golungo Alto clamam por sinalização das ruas da vila

Útentes de via clamam por sinalização (arquivo) (Foto: Diniz Simão)

Os moto-taxistas do município do Golungo Alto, província do Cuanza Norte, clamam por sinalização das ruas da vila, com vista ao ordenamento do trânsito, apurou hoje, terça-feira, à Angop, numa ronda efectuada na circunscrição.

Os moto-taxistas Armindo dos Santos e Carlos Damião foram unânimes em afirmar que a ausência de sinalização nas ruas da vila tem causado embaraços aos automobilistas e utentes da via pública, provocando muitas vezes acidentes de viação.

Por sua vez, o moto-taxista Domingos António sublinhou que esta situação resulta ainda desentendimento entre motociclistas e os agentes reguladores de trânsito por alegada violação de sinalização inexistente, culminado na apreensão dos seus motociclos e pagamento de multas.

A fonte reconheceu, por outro lado, que muito de seus colegas, infelizmente, desconhecem os sinais de trânsito e o código de estrada por falta de habilitação para o exercício da condução, um outro mal que também preocupa a classe.

A actividade de moto-táxi constitui o emprego alternativo de muitos jovens da região, dada a dificuldade do acesso ao emprego. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA