Cuando Cubango: Detidos 41 cidadãos supostamente envolvidos em 24 crimes diversos

Cuando Cubango: António Maria - Porta-voz do Comando da PN (Foto: Armando Morais)

Quarenta e um cidadãos nacionais, mais dois em relação ao período anterior, foram detidos pelo comando da Polícia Nacional (PN) no Cuando Cubango, nos últimos sete dias, por suposto envolvimento em vinte e quatro crimes diversos, igual cifra da semana passada.

Segundo o porta-voz do comando da PN, superintendente António Maria, que forneceu hoje, domingo, os dados à Angop, dos cidadãos detidos, nove foram através de mandatos, três outros através de denúncias dos munícipes e cinco por iniciativas operativas realizadas nos bairros periféricos da cidade de Menongue e sedes municipais de Mavinga e Calai.

Avançou que entre os implicados figuram dois militares das Forças Armadas Angolanas (FAA) e trinta e nove civis cujas faixas etárias vão dos 16 aos 56 anos de idade.

Referiu que dos crimes em relato, cinco foram contra pessoas, dezassete contra a propriedade e dois contra a ordem e tranquilidade públicas.

De acordo com o porta-voz, ao longo dos últimos sete dias foram igualmente desmantelados três grupos de supostos marginais, com nove elementos envolvidos que se dedicavam à prática de furtos de electrodomésticos, valores monetários no interior de viaturas, sendo o primeiro denominado “Vidal”, com três elementos.

O segundo grupo é identificado por “Aniloy”, com três elementos e o terceiro e último é vulgarmente conhecido por “Big-Dji” com igual número de supostos marginais.

As autoridades conseguiram recuperar, em posse dos marginais, de uma pistola de marca Macarof, duas motos, móveis e outros artigos diversos.

António Maria deu ainda a conhecer a conclusão de 33 processos-crime, mais nove em relação ao período anterior, remetidos ao Ministério Público, sendo 26 com presos e sete sem presos, bem como a remoção de dois corpos de ambos sexos, vítimas de atropelamento e incêndio. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA