Coreia quer formar quadros angolanos

Ministros coreano dos Patriotas e Assuntos dos Veteranos de Guerra - Park Sung-Choon (Foto: Joaquina Bento)

A República da Coreia vai continuar a trabalhar para reforçar a cooperação com Angola, dando, doravante, particular enfoque ao domínio da formação de quadros.

A garantia foi dada nesta sexta feira, em Luanda, pelo ministro dos Patriotas e Assuntos dos Veteranos de Guerra daquele país, general Park Sung Choon, para quem Angola apresenta bom sinal de crescimento, em vários domínios.

Em declarações à imprensa, no final de uma visita ao Museu de História Militar, disse que os 60 anos de experiência do seu país podem ser transmitidos aos angolanos, para que possam atingir outros patamares.

Segundo o dirigente, que fazia o balanço da sua visita de cinco dias a Angola, é visível o desenvolvimento deste país africano, em 14 anos de paz efectiva.

Disse, por outro lado, que o Executivo Angolano presta grande importância aos antigos combatentes e veteranos da Pátria, daí que, para o seu país, existam muitos pontos de cooperação por explorar.

Do seu ponto de vista, as políticas que estão a ser implementadas pelo Executivo Angolano, em prol dos antigos combatentes, “são boas”.

“Estamos distantes geograficamente, mas temos a mesma experiência. Para tal, Angola tem um futuro enorme não só no domínio dos antigos combatentes”, declarou.

Reconhece que Angola tem um passado histórico muito similar ao do seu país, daí que a cooperação seja salutar.

Disse ter constatado com agrado as políticas sociais e económicas, como criação de fazendas, construção de várias infra-estruturas para os antigos combatentes, com destaque para os condomínios, nas visitas que efectuou no interior do país.

O governante sul-coreano disse ter recebido garantias de apoio ao reforço da cooperação entre os dois países, no domínio dos antigos combatentes e não só, durante os encontros com os governantes angolanos.

Park Sung Choon, que terminou nesta sexta-feira uma visita a Angola de trabalho e cooperação de cinco dias, visitou as províncias de Cabinda e do Cuando-Cubango.

A República da Coreia é um país da Ásia Oriental, com uma população estimada em 48 milhões de habitantes e uma área de 99 mil 720 quilómetros quadrados. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA