Congresso Tocoísta aborda posição da igreja em relação as eleições 2017

Crentes da Igreja TocoÍsta (Arquivo) (Foto: Gaspar dos Santos)

O IV congresso eclesial da Igreja do Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo que começa hoje vai abordar temas ligados ao pensamento da igreja em relação as eleições de 2017, a crise financeira e as suas consequências e as medidas adequadas para mitigar esta escassez.

De acordo com o programa do evento, com estes subtemas pretende-se debater a participação da igreja nos processos eleitorais nos países onde ela se encontra representada e como deve posicionar-se, sendo detentora dos valores da paz e da reconciliação.

Quanto a situação da crise, os fieis Tocoísta vão abordar as razões das crises financeiras cíclicas no mundo e em Angola em particular , assim como reflectir sobre as medidas a tomar para se minimizar os seus efeitos na vida dos povos.

O encontro que, dentre outros assuntos, visa analisar as relações entre as igrejas tocoístas no mundo, entre os responsáveis, a conexão da instituição religiosa e o estado e outros organismos da sociedade em Angola e em outros países onde ela se encontra implementado, vai abordar ainda e um dos painéis o conceito de culturas e dimensões de culturas dentro dos parâmetros dos tocoístas.

O congresso realizado sob o tema “ Os desafios da nova evangelização Tocoísta” reúne entidades políticas e eclesiásticas, com destaque para a ministra da Ciência e Tecnologia, Maria Cândida Teixeira , directora do Gabinete de Cidadania do MPLA, Fátima Viegas, e um elenco composto por mais de mil delegados. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA