Comissão Europeia afirma apreço pelos esforços feitos por Portugal no âmbito do PEC

(PATRICK SEEGER/EPA)

Esta manhã o comissário para o euro elogiou as reformas estruturais e o ajustamento orçamental em Portugal e Espanha, quando falava de eventuais sanções aos dois países.

O comissário europeu responsável pelo Euro afirmou esta quarta-feira “apreço pelos esforços” feitos por Portugal e Espanha a nível de reforma e de ajustamento, no âmbito do Pacto de Estabilidade e Crescimento (PEC).

Numa audição no Parlamento Europeu, em Estrasburgo, França, Valdis Dombrovskis, afirmou “o apreço” pelo que Portugal e Espanha “fizeram em termos de reformas estruturais e ajustamento orçamental”, numa referência à decisão sobre eventuais sanções aos dois países devido à violação das metas do défice.

Aos eurodeputados da comissão parlamentar de Assuntos Económicos e Monetários, o mesmo responsável indicou que os “esforços de reforma e de ajustamentos serão contemplados aquando das decisões da aplicação do PEC”.

Numa entrevista publicada no fim de semana pelo Der Spiegel (e citada pela France Press), Vladis Dombrovskis colocava como hipótese, no caso de eventuais sanções a Portugal, que os fundos estruturais fossem congelados. “Se a Comissão Europeia e o Conselho Europeu decidirem que Portugal e Espanha falharam objetivos, a Comissão irá propor, entre outras medidas, que os fundos estruturais sejam congelados para os dois países”, afirmou então o comissário europeu. (OBSERVADOR)

por Lusa

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA