CEAST e MINDEN assinam acordo de cooperação

Assinatura de Acordo entre o MINDEN e a CEAST (Foto: Alberto Julião)

Um acordo de cooperação no domínio da saúde, que abrange a prestação de serviços e a formação de quadros, foi rubricado nesta quinta-feira, em Luanda, entre o Ministério da Defesa Nacional (MINDEN) e a Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST).

O referido acordo foi assinado pelo ministro da Defesa Nacional, João Lourenço, e pelo presidente da CEAST, Dom Filomeno Vieira Dias, na presença do ministro da Saúde, Luís Sambo, e de altas figuras da Igreja Católica, bem como altos oficiais das Forças Armadas Angolanas (FAA).

Durante o acto, João Lourenço referiu que a assinatura do documento visa formalizar a cooperação existente há muitos anos entre as FAA e a Igreja Católica, no que toca à prestação de serviços de saúde e educação.

Salientou que neste contexto, as unidades de serviços de saúde militar sempre prestaram assistência em comunidades onde há uma igreja ou paróquia e, de igual modo, a nível da educação, os militares têm vindo a beneficiar dos estabelecimentos de ensino que a Igreja Católica tem espalhado por todo o país.

“Acabamos de formalizar uma prática que tem sido exercida ao longo dos anos. As nossas instituições estão presentes em todo o país e ambas lutam pelos interesses nacionais”, disse.

Por seu turno, o presidente da CEAST, Filomeno Vieira Dias, frisou que a assinatura do protocolo representa a convergência de competências, valências e sinergias das duas instituições, com vista a melhor servir às comunidades.

“Esperamos que com esse protocolo se estabeleça um caminho para convergir com os serviços de saúde, em benefício das populações. A saúde é um elemento fundamental na segurança das populações e desenvolvimento das sociedades. Por isso, é um momento em que nos comprometemos com a segurança de todos”, sublinhou.

A Universidade Católica de Angola e o Hospital Militar são os lugares comuns de interesse e parceria. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA