Benfica e 4 de Abril abrem sexta-feira 17ª jornada do Girabola

Pormenor de um jogo do Benfica de Luanda (verm) (ANGOP)

O Benfica de Luanda recepciona sexta-feira, às 18:00, o 4 de Abril do Cuando Cuabango na abertura da 17ª jornada do campeonato nacional de futebol da primeira divisão, Girabola, ronda cujo destaque recai para o confronto entre Kabuscorp do Palanca e Recreativo do Libolo, segundo e quarto classificados respectivamente.

Tido inicialmente como um dos candidatos ao título, o Benfica tem estado a realizar uma prova aquém da expectativa e numa altura em que ocupa o 10º posto com 19 pontos vai procurar somar o maior número de vitórias para pelos menos se manter entre os mais bem classificados, a começar por este desafio ante o modesto 4 de Abril, 13º com 16 pontos.

Ambos vêm de derrotas da jornada anterior, tendo os benfiquistas perdido por 1-2 frente ao líder 1º de Agosto (38 pontos), e os representantes do Cuando Cubango por 0-1 diante do Petro de Luanda (3º com 30 pontos), situação que pode constituir tónico para maior entrega e abnegação dos jogadores.

Apesar da ronda 17 (segunda da 2ª volta) abrir sexta-feira, o jogo teoricamente mais equilibrado acontece sábado, a partir das 15 horas, no Estádio dos Coqueiros, opondo o quarto classificado, Kabuscorp (27 pontos), ao segundo, Recreativo do Libolo (33p), equipas que lutam pelo ceptro e nos últimos tempos têm tido desempenho diferenciados.

Os libolenses superam, a cada jornada, as exibições pouco conseguidas registadas em determinada fase da primeira volta, enquanto a formação “palanquina” quase “rema” em sentido contrário, com trocas sucessivas de treinadores num curto espaço de tempo (Romeu Filemon substituiu Bodunha, que havia rendido Miller Gomes).

Curiosamente, as duas formações registaram resultados com mesmos números na jornada passada, em que o Libolo ganhou ao 1º de Maio, por 3-0, e o Kabuscorp perdeu para o Recreativo da Caála (0-3).

Ainda assim, aguarda-se por um jogo equilibrado, pois possuem jogadores capazes de desequilibrar e em momentos cruciais decidir o resultado.

A jornada terá ainda, no domingo, o derby Progresso do Sambizanga-1º de Agosto, duas das formações mais antigas e populosas do futebol nacional, que no outrora protagonizaram dos melhores espectáculos do Girabola, mas hoje com história bastante diferente.

Os “militares” afiguram-se favoritos devido ao potencial do seu plantel e capacidade técnico-individual dos jogadores, que prosseguem, ”firmes”, no topo da tabela classificativa (38p), ao passo que os “sambilas” alternam muito entre bom e mau, ocupando a nona posição com 21 pontos, nesta prova em que vê “comprometido” o seu objectivo de ficar entre os seis primeiros.

Para complemento, a 17ª ronda reserva também Intercube (5º com 25p) – Recreativo da Caála (6º/22p), ASA (12º/17p) – Progresso da Lunda Sul (7º/22p), 1º de Maio (15º/15p) – Sagrada Esperança (8º/22p), Desportivo da Huíla (11º/18p) – Porcelana (16º/11p) e Petro de Luanda (3º/30p) – Académica do Lobito (14º/15p). (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA