Angola negoceia empréstimo de 450 milhões

(Foto: D.R.)

De acordo com a Bloomberg, Luanda estará a discutir o crédito com a Gemcorp, que deverá ser utilizado na compra de medicamentos e comida.

O Governo de Angola estará a negociar com a Gemcorp Capital um empréstimo de cerca de 500 milhões de dólares (452 milhões de euros à cotação actual), que deverão ser usados na compra de alimentos e medicamentos.

A notícia é avançada pela Bloomberg, citando fonte próxima do processo, e a aproximação acontece depois de Luanda ter abdicado de assistência financeira do Fundo Monetário internacional.

As conversações com a sociedade de investimento concentrada em mercados emergentes deverão permitir ao Ministério das Finanças angolano obter dólares numa altura em que existe escassez de moeda norte-americana no país.

A Gemcorp não quis comentar a notícia e o porta-voz do Ministério das Finanças em Luanda não esteve disponível no imediato para responder à Bloomberg.

A acontecer, este não será o primeiro acordo de financiamento da Gemcorp ao país. A instituição comprou 3% do Banco Atlântico e em Maio do ano passado emprestou 300 milhões de dólares (271,3 milhões de euros) ao Governo.

Em 30 de Junho Angola desistiu das negociações sobre um eventual “programa de financiamento ampliado” do FMI, manifestando a vontade de manter as conversações ao nível de consultas técnicas com os funcionários daquela organização, que regressam a Luanda antes do fim do ano.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) tinha anunciado a 6 de Abril que Angola tinha pedido um programa de assistência para os próximos três anos. Os termos desse programa foram debatidos nas reuniões de primavera, em Washington, prosseguindo em Luanda na primeira quinzena de Junho. (jornaldenegocios)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA