Angola dispõe de energia suficiente para impulsionar a indústria – diz Secretário de Estado

Cuanza Norte: Novas subestações de energia em construção na Barragem de Cambambe (Foto: Diniz Simão)

O secretário de Estado da Energia, Joaquim Ventura, assegurou nesta quinta- feira, em Cambambe, província do Cuanza Norte, que o país dispõe agora de condições energéticas suficientes para impulsionar a actividade industrial sem restrições.

O governante fez este pronunciamento à imprensa, durante o acto que marcou o arranque experimental da primeira turbina da barragem de Cambambe, localizada no município com o mesmo nome.

Joaquim Ventura reconheceu que neste momento os angolanos acabam de ganhar um feito de grande dimensão, que irá não somente reforçar o consumo doméstico de energia, mas também impulsionar a industrialização do país.

Sublinhou que todas as províncias conectadas à rede de transportação a partir da Central Hidroeléctrica de Cambambe poderão usufruir directamente deste investimento.

Indicou que a entrada em serviço da primeira, das quatro máquinas da central II, com capacidade para produzir 175 Megawatts de energia (Mw) cada, marca o início do aumento da potência da barragem de Cambambe, presentemente a produzir 260 Mw, da primeira central, igualmente com quatro turbinas.

Esclareceu que após os 20 dias de ensaios a unidade entrará na fase de exploração comercial, mediante as necessidades que se impuser.

Frisou que, a par disso, estão igualmente a ser criadas as condições para a afinação do sistema de transportação e distribuição, que neste momento já beneficiam de acções em paralelo, para a eliminação do déficit no abastecimento da energia.

Explicou que as debilidades que se registam no sistema de distribuição serão, proximamente, colmatadas, através de um pacote já na forja, que visa reforçar o fornecimento deste bem às cidades do país, com maior incidência para Luanda, e assim aumentar a taxa de acesso à energia.

Além do presidente do Conselho de Administração da Empresa de Produção de Electricidade (PRODEL), António Fernandes Rodrigues Belsa, que acompanha o secretário de Estado, Joaquim Ventura, nesta sua deslocação de dois dias ao Cuanza Norte, testemunharam o acto o vice- governador provincial para o sector técnico e infraestruturas, Pedro Samuel Ramos Júnior, e vários directores nacionais do sector. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA