Ancara bombardeia posições do PKK (vídeo)

(EURONEWS)

A Turquia bombardeou posições do PKK, Partido dos Trabalhadores do Curdistão no norte do Iraque, pela primeira vez, desde a alegada tentativa falhada de golpe de Estado.

De acordo com fontes oficiais turcas, o ataque terminou com a morte de 20 combatentes curdos.

Os raides aéreos visaram a região de Hakurk, cinco dias depois de um alegado grupo de militares “rebeldes” ter tentado afastar do poder, o atual chefe de Estado, Recep Tayyip Erdogan.

As informações sobre o que aconteceu a 15 de Julho no país são contraditórias. Os críticos do regime falam de uma encenação montada pelo próprio chefe de Estado para acabar com a oposição. Estranham, ainda, o facto de o suposto golpe de Estado ter sido executado, maioritariamente, por jovens militares.

A agência estatal Anadolu chegou a apresentar o antigo Chefe da Força Aérea turca como mentor golpe de Estado, mas a informação foi de imediato desmentida pelos órgãos de comunicação social privados turcos. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA