Activistas angolanos vão dar a sua versão dos factos

Activistas em tribunal I sessão. Luanda, Angola. Nov 16, 2015 (VOA)

Conferência de impresa Unidos Pela Cidadania, Liberdade e Construção do Futuro” realiza-se na quarta-feira.

Os 17 activistas condenados a penas de prisão pelos crimes de rebelião, tentativa de golpe de Estado e associação de malfeitores organizam nesta quarta-feira, 20, uma conferência de imprensa intitulada “Unidos Pela Cidadania, Liberdade e Construção do Futuro”.

Em nota enviada às redacções, os activistas revelam que farão “a apresentação pública da versão dos factos relacionados com o encarceramento bárbaro, ilegal e as sistemáticas violações dos Direitos Humanos”.

Os chamados revús pretendem dar a sua versão da sua prisão, encarceramento e julgamento, bem como a vida que levam desde que foram presos a 20 de Junho de 2015, bem como as suas famílias.

Os 17 activistas foram condenados a penas de prisão de dois anos e três meses a oito anos e seis meses a 29 de Março, mas o Tribunal Supremo ordenou a sua libertação, como requerido pela defesa num habeas corpus. (VOA)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA