Vendidos dólares para apoio familiar

(Foto: Angop)

O Banco Nacional de Angola (BNA) anunciou ontem em comunicado, que vendeu, na semana passada, 367,5 milhões de dólares ou 342,5 milhões de euros no mercado primário, ao câmbio de 166,712 kwanzas por dólar ou 186,266 por euro.

Dados disponíveis no Jornal de Angola afirmam que, na semana anterior, as vendas do BNA aos bancos comerciais foram de 98,7 milhões de dólares ou 88,4 milhões de euros e que a taxa de câmbio dos últimos sete dias se manteve inalterada.
O comunicado declara vendas de 26,9 milhões de euros para as prestadoras de serviço ao sector petrolífero, 84,3 milhões para o programa de saneamento das responsabilidades externas, 40,5 milhões para as necessidades de empresas diversas e 1,3 milhões para o sector da Saúde.
O banco central também passou 53,7 milhões de euros para operações de viagens e ajuda familiar, 26,9 milhões para cobertura de cartões de crédito, 81,4 milhões para a aquisição de bens alimentares, 44,6 mil para necessidades dos ministérios e organismos do Estado e 3,5 mil para o sector da indústria.

Emissão de dívida

O BNA anunciou também uma colocação de dívida cifrada em 61,1 mil milhões de kwanzas, ligeiramente acima dos 60,9 mil milhões da semana anterior, em que 34,3 mil milhões eram Bilhetes do Tesouro (BT) a 91, 182 e 364 dias, a juros de 14,41, 16,89 e 18,39 por cento, com variações de -0,02 e 0,01 por cento na primeira e na última maturidade face à semana precedente.
Foram transaccionados 17,2 mil milhões de kwanzas em Obrigações do Tesouro indexadas ao dólar nas maturidades de dois, três, quatro e cinco anos, a juros de 7,00, 7,25, 7,50 e 7,75 por cento ao ano. No segmento de venda directa de títulos ao público, foi colocado o montante de 9,6 mil milhões de kwanzas, em que 8,9 mil milhões eram OT indexadas ao dólar a dois e três anos e 582 milhões BT a 91, 182 e 364 dias.
Para regulação monetária, o BNA realizou operações de mercado aberto (OMA) cifradas em 9,4 mil milhões de kwanzas, nas maturidades de 28 e 63 dias.
A Luibor “overnight” (um dia) manteve-se em 13,92 por cento, pela ausência de operações de cedência de liquidez na semana. Para as maturidades de 30, 90, 180, 270 e 360 dias, situou-se em 14,12, 16,08, 16,99, 17,25 e 17,64 por cento, com variações em todas as maturidades situadas entre 0,02 e 0,28 pontos percentuais face à semana anterior. (jornaldeangola)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA