Unita reafirma aposta na consolidação da paz

Cuanza Norte: Membro acompanhante da Comissão Política da UNITA à província, Tchipindo Bonga (Foto: Diniz Simão)

O membro acompanhante da Comissão Política da UNITA à província do Cuanza Norte, Tchipindo Bonga, afirmou hoje, em Ndalatando (sede da província), que o seu partido vai continuar a trabalhar para a preservação da paz e consolidação da democracia no país.

Falando no encerramento da IV reunião ordinária do comité provincial da UNITA no Cuanza Norte, Tchipindo Bonga, que é igualmente o director da Escola de Formação Política daquele partido, justificou que só com a democracia os cidadãos poderão emprestar a sua voz e terem a oportunidade para participar na edificação do país.

“A UNITA está firme e vai continuar a trabalhar em prol da paz e da democracia rumo ao desenvolvimento do país”, disse.

Para si, não existe em Angola um partido que represente toda a população, pois, cada um representa um “pouco” de angolanos e que, se todas as forças políticas tiverem a grandeza de conviver em paz e em democracia haverá espaço para todos contribuírem para a realização do sonho da população.

Apelou aos angolanos no sentido de evitarem a intolerância política e as provocações, pois só assim poderão contribuir para a unidade da nação.

Salientou que a intolerância política não é uma boa receita para a democracia tão pouco para os partidos políticos que querem servir o povo.

Aquele dirigente apelou, por outro lado, os militantes da Unita a pautarem pela organização e pelo reforço do trabalho político-partidário com base na doutrina da organização.

“A prática da actividade política da UNITA exige profissionalismo e é o que queremos do nosso trabalho, não podemos fazer o trabalho de uma forma empírica ou empurrado pela vontade dos outros”, sublinhou.

No encontro de dois dias, dedicado à análise da vida interna do partido, participaram 90 dos 120 membros do comité provincial.

Os participantes avaliaram a situação política da província e o estado de implementação, nas estruturas de base, das orientações superiores.

A apresentação e aprovação do relatório de actividades desenvolvidas de Março de 2015 a Maio de 2016 constou também da agenda do encontro, que se debruçou ainda sobre assuntos de carácter eleitoral.

A reunião, que decorreu sob o lema “UNITA – 50 anos por Angola e pelos angolanos”, foi orientada pelo secretário provincial do partido, José Joaquim Arcanjo Sutila, e dedicou-se também à atenção ao comportamento dos quadros.

Constou igualmente, da agendada intervenções dos secretários municipais sobre o desenvolvimento da acção partidária em cada um dos 10 municípios do Cuanza Norte. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA