Sonangol aborda planos de reestruturação com empresas petrolíferas

Presidente da Comissão Executiva da Sonangol - Paulino Jerónimo (Foto: Alberto Julião)

O conselho de administração da Sonangol reuniu-se hoje, em Luanda, com as companhias petrolíferas que operam no país, com as quais abordou questões ligadas aos planos de reestruturação do sector, reunião presidida pela sua presidente, Isabel dos Santos.

Em declarações à imprensa, no final do encontro, o administrador executivo e presidente da comissão executiva da Sonangol, Paulino Gerónimo, disse esperar que essa reestruturação seja feita sem afectar as operações normais do sector.

Referiu que a reestruturação pretendida se baseia na redução de custos e melhorias de eficiências, tal como a Sonangol irá fazer.

Por sua vez, o director-geral da BP Angola, Darryl Willis, disse que o país tem grande potencial e as companhias vão trabalhar com o conselho de administração da Sonangol, para o alcance dos objectivos.

Salientou que a BP Angola vai continuar a operar no mercado nacional, uma vez que há possibilidade de descobrir mais óleo e gás, desenvolver os campos mais pequenos, que são marginais, e desenvolver o gás natural.

Explicou que a melhor maneira de reduzir os custos nessa fase é concentrar nas oportunidades apresentadas, assegurar que os seus contratos sejam eficientes e partilhar logística entre os vários blocos.

Por sua vez, o director-geral Chevron, John Baltz, considerou que o futuro de Angola é promissor, pelo facto da nova direcção da Sonangol trabalhar na contenção de custos, transparência e eficácia.

Disse ser bastante positivo o facto do preço do barril de petróleo estar estabilizado.

Salientou que a realidade mostra ainda muitas oportunidades em Angola. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA