Segurança na região dos Grandes Lagos domina reunião das chefias militares

Conferência internacional da região dos Grandes Lagos (Foto: F. Miudo)

A situação de segurança na região dos Grandes Lagos vai dominar a reunião dos Chefes de Estado-maior-general dos países membros da organização iniciada nesta sexta-feira, em Luanda.

O encontro se enquadra nas reuniões técnicas preparatórias da 6ª Cimeira de Chefes de Estado e Governo da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIRGL), marcada para 14 deste mês.

A sessão de abertura da reunião foi orientada pelo chefe de Estado-maior-general das Forças Armadas Angolanas, General Geraldo Sachipengo Nunda, na qualidade de presidente do órgão, ladeado pelo secretário executivo adjunto da CIRGL, Vicente Muanda.

De acordo com o programa até ao final do dia os chefes de estado maiores das forças armadas das Repúblicas Centro Africana, Democrática do Congo, Sudão do Sul, Burundi e Sudão vão fazer o ponto de situação nos respectivos países.

No final do encontro será adoptada uma declaração que será remetida à reunião dos ministros da Defesa a realizar-se no sábado.

No domingo, os chefes das diplomacias dos países da região vão aprovar a agenda a remeter a Cimeira de estadistas.

A 6ª Cimeira de Chefes de Estado e Governo da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIRGL) vai decorrer sob o lema “Aceleremos a efectiva implementação do pacto e seus protocolos para maior democracia e estabilidade na região dos Grandes Lagos”. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA