Reino Unido em risco de desagregação

(GETTY IMAGES)

A saída da União Europeia poderá levar a referendos independentistas na Escócia e na Irlanda do Norte

Não é só o futuro da União Europeia que está em causa depois de os britânicos terem votado pelo adeus. Também é preciso perceber quais poderão ser as consequências para a integridade do próprio Reino Unido. O risco de desagregação não é negligenciável.

Recuemos até setembro de 2014. Chamados a pronunciar-se em referendo sobre a independência em relação ao Reino Unido, 55,3% dos escoceses votaram para continuar como súbditos de Sua Majestade. Em grande parte a vitória deveu-se à vontade de permanecer na União Europeia, mas a partir de hoje tudo mudou. O cenário é radicalmente diferente. Se a Escócia continuar no Reino Unido será também obrigada a dizer adeus à Europa e não é isso que os escoceses querem – 61.9% votou para que o Reino Unido continuasse na UE.

As reações ao resultado do referendo indicam que um novo referendo na Escócia poderá não tardar. Patrick Harvie, um dos líderes do Partido Verde, já indicou que a sua força política poderá apoiar a realização de nova consulta se for essa a intenção de Nicola Sturgeon, a primeira-ministra escocesa. O Partido Nacionalista Escocês, de Sturgeon, defende que a Escócia deve abandonar o Reino Unido e venceu as últimas eleições parlamentares realizadas em maio.

Também da Irlanda do Norte podem soprar ventos independentistas. O Sinn Féin, segundo maior partido norte-irlandês, anunciou em comunicado durante a madrugada que o governo britânico perdeu a legitimidade para representar os interesses da Irlanda do Norte, onde 55,8% dos eleitores votou contra o brexit. O deputado Declan Kearney foi claro ao afirmar que o Sinn Féin poderá promover um referendo sobre a permanência no Reino Unido.

“A Escócia vai querer ser independente. O legado de David Cameron será destruir duas uniões”, publicou esta manhã no Twitter a escritora J.K. Rowling, criadora de Harry Potter e apoiante da manutenção do Reino Unido na UE. (DN)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA