Quatro estudantes mortos durante protesto na Papua Nova Guiné

(EURONEWS)

Pelo menos quatro pessoas morreram e cerca de vinte ficaram feridas após as autoridades terem aberto fogo contra um grupo de estudantes que pedia a demissão do primeiro-ministro da Papua Nova Guiné.

Reunidos na Universidade da capital, Port Moresby, centenas de estudantes planeavam marchar até ao Parlamento em forma de protesto contra o chefe de Governo, Peter O’Neill, acusado de corrupção.

De acordo com a televisão pública da Austrália, para travar os manifestantes, a polícia recorreu a gás lacrimogéneo e disparou contra os estudantes quando estes tentaram impedir a detenção do presidente do conselho de estudantes.
Uma jornalista terá contado ao mesmo canal que também ela foi agredida pelos agentes da polícia. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA