Polícia de Intervenção Rápida comemora hoje 24 anos de existência

Polícia de Intervenção Rápida (Foto: Pedro Parente/Arq)

A Polícia de Intervenção Rápida (PIR), órgão operacional do Comando Geral da Polícia Nacional, comemora hoje, 4 de Junho, o vigésimo quarto aniversário da sua criação.

Criada em 1992 por ocasião da visita de sua Santidade o Papa João Paulo II à Angola, a PIR tem como missão principal prevenir a delinquência, manutenção da ordem pública, combate a distúrbios e a garantia da integridade territorial.

A PIR tem ainda como missão intervir em agitações de massas que ponham em causa a ordem pública.

Para seu rejuvenescimento a PIR tem levado a cabo um vasto processo de integração de novos efectivos.

Antes a Polícia de Intervenção Rápida estava de mãos dadas com as Forças Armadas na conquista da paz e garantia da integridade territorial, actualmente as suas atenções estão viradas para a sua tradicional missão de banir distúrbios e outras acções que perturbem a ordem pública”.

Para celebrar a data, realizam-se no país, em especial nas unidades da PIR, várias actividades sócio-recreativas e culturais.

A Polícia de Intervenção Rápida está representada em várias províncias por batalhões.
Integram a Polícia de Intervenção Rápida as Unidades Anti-Terrorismo (UAT), Anti-Distúrbios (UAD) e de Veículos Blindados (UVB). (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA