“Novos tempos” e “Pão com chouriço” de Voto Gonçalves avaliados na III Trienal

Músico Voto Gonçalves (arquivo) (Foto: Clemente Santos)

“Esperança do amanhã”, “Zeno bhoba” e “Mambos da vida” são algumas das canções contidas nos álbuns Novos tempos e Pão com chouriço, do músico angolano Voto Gonçalves, que serão minuciosamente avaliadas, esta sexta-feira (dia 24), no palco Ngola, da III Trienal de Luanda (TL).

No evento, a ser suportado musicalmente pela Banda Maravilha, o anfitrião interpretará (essencialmente) canções dos discos “Novos tempos”, publicado em 1980, e “Pão com chouriço”, em 2010, providenciando uma viagem no tempo, ao som de estilos nacionais como kilapanga, semba, zouk e afro-house.

De acordo com uma fonte da organização, o conceituado cantor entoará melodias que retratam maioritariamente as questões que afligem os citadinos numa determinada sociedade, conforme vem habituando os fãs, desde que se juntou ao conjunto “Makaku Muxima” (problema no coração), aos seus 12 anos de idade.

Com o referido grupo, António Jesus de Oliveira Gonçalves “Voto Gonçalves” gravou um single de 45 rotações, que incluiu os temas “Xico Zé” e “Ngui banza Teté” e exibiu-se no Maxinde, União de São Paulo e Ginásio (antigos espaços de recreação em Luanda). O veterano artista nasceu no bairro Marçal (Luanda), no dia 12 de Fevereiro de 1949.

A realização da Trienal de Luanda (TL) tem como objectivo o resgate, através das artes visuais e plásticas. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA