Malanje: Sobas preocupados com queimadas anárquicas em zonas rurais

Queimadas anárquicas provocam incêndios florestais e outros danos (Foto: Diniz Simão)

Os sobas dos bairros da Mucasa de cima e da Cahala, arredores da cidade de Malanje, mostraram-se nesta terça-feira preocupados com as queimadas anárquicas que acontecem com frequência nas suas zonas de jurisdição, praticadas por pessoas desconhecidas.

Em declarações à Angop, o soba António Francisco, do bairro da Mucasa de cima, lamentou essa prática realizada, nalguns casos, na calada da noite, provavelmente destinada a facilitar a caça furtiva de animais.

“Essas queimadas provocam a destruição de alguns bens da população, como lavras, casas, para além de causarem prejuízos aos animais e ao meio ambiente”, disse.

Apelou os munícipes a pararem com tais actos, pois neste tempo seco (cacimbo), o fogo tende a uma propagação mais rápida.

Alertou que quem for detectado a praticar queimadas será entregue às autoridades policiais ou ambientais para o devido tratamento.

Por sua vez, o soba do bairro da Cahala, Domingos André, defende a paralisação imediata dessa prática no bairro, com vista a se evitarem danos materiais e humanos.

Precisou que há dificuldades de se responsabilizar os autores das queimadas porque são cidadãos desconhecidos, que a fazem com fins de obtenção do lucro fácil através da caça furtiva.

O soba Domingos André apelou os munícipes do seu bairro a denunciarem todas as pessoas que se envolverem nessa prática, que tem afectado também lavras, hortas e residências alheias. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA