Libra em máximos do ano à espera de Bremain

(Negocios)

A moeda britânica está a negociar no valor mais elevado desde o final de 2015, com os investidores a apostarem na permanência do Reino Unido na União Europeia.

No dia em que os britânicos vão às urnas manifestar se desejam ficar ou sair da União Europeia, a moeda do país está a negociar em máximos do ano, com os investidores a demonstrarem-se optimistas em relação a um Bremain. A bolsa inglesa também está a acompanhar os ganhos.

A libra segue a valorizar 0,9% para 1,4844 dólares, o valor mais elevado desde 31 de Dezembro, ainda que, apesar de uma ligeira vantagem a favor de um Bremain, as últimas sondagens demonstrem um grande equilíbrio entre as intenções de voto a favor de permanecer e abandonar a União Europeia. Nas acções, a manhã também está a ser marcada pelo optimismo dos investidores.

O índice britânico Footsie sobe cerca de 0,5% e está a acompanhar a tendência de subida das restantes bolsas europeias, num dia em que todas as atenções estão voltadas para o referendo no Reino Unido.

Os receios de um Brexit têm colocado forte pressão nos mercados financeiros ao longo das últimas semanas, mas o assassinato da deputada Jo Cox veio inverter as intenções de voto no país a favor da permanência na União. Além disso, vários bancos centrais mundiais e responsáveis têm estado a alertar para o impacto de um Brexit na economia e nos activos britânicos.

Ainda esta semana George Soros destacou que uma decisão favorável à saída da União poderia levar a libra a afundar até um máximo de 20% e acelerar uma fuga de investimento do país. (Jornal de Negocios)

por Patrícia Abreu

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA