Itália: tribunal confirma pena de comandante do Costa Concordia

(EURONEWS)

A Justiça italiana confirmou em segunda instância a pena de 16 anos de prisão para o comandante do navio de cruzeiro Costa Concordia, cujo naufrágio fez 32 mortos, em janeiro de 2012. Francesco Schettino tinha sido condenado em 2015 por homicídio, abandono do navio e responsabilidade no naufrágio. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA