Investigadores da Lava Jato querem que Renan também seja afastado

(Foto: D.R.)

Segundo análise preliminar de todo o material colhido ate o momento, procuradores se mostraram impressionados com as citações ao nome de Renan.

Nas últimas semanas, a divulgação das gravações telefônicas do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado fez crescer na Procuradoria Geral da República a disposição para dar ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), tratamento semelhante ao que foi dado ao Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

O blog do Camarotti avalia que, segundo análise preliminar de todo o material colhido ate o momento, procuradores se mostraram impressionados com as citações ao nome de Renan.

A publicação recorda que, no final de 2015, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu o afastamento de Eduardo Cunha do cargo. No mês passado, o Supremo deu decisão favorável ao pedido de Janot.

Um integrante da força-tarefa da Lava Jato comentou que “não dá para usar dois pesos e duas medidas”. (noticiasaominutobr)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA