Imprensa angolana tem novas leis

José Luis de Matos (ANGOP)

O pacote legislativo da Comunicação Social está pronto e aguardam-se novidades para breve. A garantia é de José Luis de Matos, ministro da Comunicação Social. O governante assegura também que a media social será regulamentada e o processo de migração do sistema analógico para o digital respeitará os prazos internacionais.

O ministro da Comunicação Social, José Luís de Matos, garantiu em entrevista exclusiva a “OPAÍS” que o pacote legislativo da imprensa angolana já esta concluído e brevemente haverá novidades a este respeito. Questionado sobre a polémica à volta da regulamentação da Lei de Imprensa, De Matos desdramatizou, afirmando que “não é polémica” e reconheceu que “se demorou algum tempo, porque de facto era necessário trabalhar com cuidado e alguma prudência, e foi isso que nós fizemos”.

O ministro justificou de modo preciso a demora com a necessidade de adaptar a legislação às variações de abordagens dos vários medias na actualidade. “Ainda hoje (ontem) ouvimos aqui que há coisas novas a surgir no sector da comunicação social e tivemos o cuidado de abordar o máximo possível as novas experiências que existem nesse domínio”, disse. O titular do pelouro da Comunicação Social falava à margem do III Fórum de Cooperação dos Media Sino-Africanos, organizado pelas autoridades chinesas.

A emergência e preponderância da media social juntamente com a migração do sistema analógico para o digital foram as duas grandes questões que dominaram as comunicações. Durante o encontro se ficou a saber que apenas quatro países africanos iniciaram o salto para a plataforma digital, entre os quais se conta Moçambique que beneficiou da oferta de oito conversores chineses a serem instalados em regiões fronteiriças. (OPAIS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA