Huíla: Mais de mil famílias dos bairros Bula Matadi e Lalula serão realojadas

Construções em zonas de risco no Lubango (Foto: Morais Silva)

Mais de mil famílias que residem em zonas de risco dos bairros Bula Matadi e Lalula, no município do Lubango, província da Huíla, serão realojadas em áreas mais seguras, no âmbito de um programa da administração municipal.

A informação foi hoje (sexta-feira) prestada à Angop pelo administrador destes bairros, Hilário Estacumba, que disse que as famílias foram cadastradas e aguarda-se pela autorização da administração municipal do Lubango no sentido de identificar as áreas para onde serão alojadas.

Esclareceu que as famílias residem próximo de ravinas, pontes, rios e debaixo de postes de energia de alta tensão, o que tem perigado as suas vidas.

Admitiu que administração do Lubango tem conhecimento da situação e está a estudar mecanismos para colocar as famílias em melhores condições de habitabilidade.

“Nestes bairros identificamos sete ravinas que se têm-se alastrado, por isso uma das tarefas é de combatê-las”, sustentou o administrador.

O administrador apelou os moradores destes bairros no sentido de construírem em zonas que foram orientadas pela administração municipal, por formas evitar estes constrangimentos.

Residem nos bairros Bula Matadi e Lalula mais de 30 mil habitantes, sendo que o município do Lubango tem uma população estimada em 731 mil e 575. Distribuídos em quatro comunas, nomeadamente Huíla, Arimba, Quilemba e Hoque. (ANGOP

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA