Huíla: Banda Maravilha garante apoio às crianças da Aldeia-SOS do Lubango

Mario Furtado - músico da Banda Maravilha (Foto: Angop)

O grupo musical Banda Maravilha garantiu o compromisso de apoiar os menores internados na Aldeia SOS Kinderdorf, lar que acolhe crianças órfãs na cidade do Lubango, capital da província da Huíla.

Em declarações hoje, terça-feira, à Angop, no Lubango, o porta-voz do grupo, Marito Furtado, que visitou a aldeia à convite da empresa Casinos de Angola, afirmou que a Banda Maravilha vai passar apoiar com actividades artístico-culturais o lar SOS da capital da Huíla, como tem feito nas províncias de Luanda, Benguela e Huambo.

Fez saber que a iniciativa surgiu depois do grupo e ter realizado, no fim-de-semana, um espectáculo musical para as crianças, no quadro de uma doação de bens alimentares feita pela empresa Casinos de Angola.

“Aproveitamos a oportunidade para rubricar o compromisso de apoio solidário com a direcção da Aldeia SOS que acolhe 113 mil crianças. Pretendemos com isso minimizar algumas dificuldades dos menores, assim como motiva-los a estudar, no sentido de contribuírem no processo de desenvolvimento do país”, ressaltou.

O grupo, fundado em 1993, conta com quatro discos publicados, nomeadamente, “Angola Maravilha”, 1997″, “Semba Luanda”, 2001, “Zungueira”, 2005, e “A Maravilha e os Kambas”, 2006. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA