Huíla: Administração de Calepi aposta na criação de excedentes agrícola

Huíla: Campo agrícola na província da Huíla (Foto: Morais Silva)

O aumento da produção agrícola e a criação de excedentes para o mercado consumidor são apontados pelo administrador comunal do Calepi, sede municipal de Caluquembe (Huíla), Henriques Isaías António, como uma meta a alcançar pelos camponeses da região.

Na base dessa aposta, Henriques Isaías António disse estar os preços “convidativos” dos produtos agrícolas, aliado a abundância de recursos hídricos na região, terras férteis e excelentes condições climatéricas.

Segundo o administrador, que falava à Angop, sobre a actividade agrícola na comuna, Calepi tem potencial agrícola para contribuir no processo da diversificação da economia em curso no país.

O administrador convida os fazendeiros e outros associados a conjugarem esforços para dignificar o nome da localidade, sendo que Calepi é potencial na produção do milho, massango, trigo, tubérculos e café.

Com uma população estimada em 25 mil habitantes, Calepi é uma potência na produção do café, uma actividade retomada há sete anos. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA